5 dicas infalíveis para o seu filho comer melhor.

Por Ana Luísa Ott, Nutricionista na Crauss Psicologia

Primeira e mais importante dica: SEJA O EXEMPLO. Se você não come de maneira saudável o seu filho não vai comer também. A responsabilidade pela alimentação das crianças é inteiramente dos pais. O paladar é construído nos primeiros anos de vida, se você ensinar o seu filho a comer doces, frituras e refrigerantes é isso que ele vai gostar de comer!

Segunda dica: respeite a vontade da criança. Se a criança disser que não está com fome ou que não quer comer mais não obrigue ela a comer. O organismo tem a capacidade de se auto-regular e é natural e esperado que a criança saiba exatamente quando e quanto deve comer. Se você acha que seu filho está comendo muito pouco ou está magro demais, procure um médico ou nutricionista para te orientar!

Terceira dica: não pense que só porque você não gosta de um alimento a criança não irá gostar também! Ofereça uma grande variedade de alimentos, mesmo os que você não gosta, e se a criança recusar algum alimento, ofereça-o novamente em diferentes preparações. Estudos indicam que a criança precisa ter contato com o alimento no mínimo 12 vezes para poder se acostumar e decidir se gosta ou não! Se ela recusar de todas as maneiras, espere um tempo e ofereça novamente. Não desista!

Quarta dica: sempre que puder faça a criança participar da preparação das refeições! É saudável, divertido e muito educativo ensinar o seu filho a identificar os alimentos, a compreender os modos de preparo, os processos de higienização, corte, cozimento. Além disso, a criança deve poder, desde pequena, escolher os alimentos que quer comer! Não sirva o prato ou prepare a lancheira sem o seu filho, inclua ele nesta tarefa!

Quinta dica e última dica: eduque o seu filho! Explique para a criança a importância dos alimentos e dos seus nutrientes e ensine ela sobre os malefícios dos alimentos que não são saudáveis. Assim, ela aprenderá desde pequena a fazer as escolhas certas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *